ESTAÇÕES DE TRANSFERÊNCIA

estações de transferência de ônibus | 2010

 

localização Manaus, AM
tipo infraestrutura urbana
etapa projeto básico

O projeto BRT Manaus foi concebido com base naquele já executado para São Paulo em 2006, onde as grandes preocupações eram a transparência, horizontalidade e leveza. No caso de Manaus, no entanto, a solução encontrada baseou-se no próprio problema: a chuva. O sistema de drenagem destes abrigos é parte fundamental do projeto e foi definido a partir de um estudo prévio das condições climáticas locais. Para possibilitar um maior escoamento das águas pluviais -já que as chuvas em Manaus são mais intensas que em São Paulo - definiu-se uma calha de 40cm de largura concentrada no eixo central da cobertura. 
O projeto contempla ainda a instalação de ventiladores com vapor d’água para minimizar o calor dentro dos abrigos por conta das altas temperaturas da cidade. Além disso, foi necessário incluir um sistema de catracas para o controle de acesso dos usuários, já que a cobrança das passagens - diferentemente de São Paulo - é feita na própria estação. Com isso, foi proposto um gradil lateral com sistema de abertura automática das portas em sincronia com a chegada dos ônibus. Este foi um dos grandes desafios do projeto, pois foi necessária a adequação das estações com os diferentes modelos de ônibus existentes na cidade.